O mundial de futebol já está rolando com tudo e a presença estrangeira se espalha pelos quatro cantos do país. A festa não para! Já parou para pensar em como uma troca cultural pode ser bacana? Esse é um bom tempo para fazer novos amigos de todos os lugares! São cerca de 600 mil visitantes chegando para assistir de perto o campeonato em terras brasileiras. Desde viajantes solitários com uma mochila nas costas até grandes grupos de amigos ou familiares, gente do mundo inteiro voltam suas atenções pro Brasil.
Algumas pessoas procuram economizar na hospedagem enquanto outras desembolsam muita grana para pagar preços inflacionados em algumas capitais. Se você não é do tipo que está interessado em conhecer novas culturas, vale a pena alugar quartos ou imóveis para essa turma e melhorar o orçamento com um extra no fim do mês. Sites e redes sociais direcionadas para recepcionar viajantes ganham cada vez mais visibilidade e adeptos não só aqui no Brasil, mas no mundo inteiro.
Dá só uma olhada nos melhores sites especializados no assunto!

Airbnb

Com o Airbnb, você pode tanto procurar casas e apartamentos para alugar quanto postar fotos do seu próprio imóvel e dar o seu preço diário. Em questão de minutos você pode receber mensagens de gente interessada. O sistema funciona muito bem ao redor do mundo inteiro.
Faça um extra com um cômodo ou com a casa inteira. É só preencher o perfil, subir as fotos, aguardar a procura e voilà!


Homestay

O conceito do Homestay é basicamente administrar o seu aluguel como um pequeno negócio,
com uma diferença da estadia em hotel: aqui o hóspede pode vivenciar de perto a nossa cultura e cotidiano.
O legal é que a gente, como anfitriões, também ganha muito conhecimento, cultura e entendimento da vivência de outros povos. Com a Copa 2014 sediada no Brasil, a procura por imóveis através desse site tem crescido consideravelmente.
Uma possibilidade rentável e talvez mais tranquila do que se matar de trabalhar num escritório durante os jogos. Interação é a palavra de ordem. Temos também indicações pra quem curte receber visita na camaradagem mesmo. Abrir as portas da sua caverna para depois ser bem recebido no país de origem do hóspede pode ser também um bom investimento.


Couchsurfing

Uma rede social que funciona como aquele sofá amigo pra cair quando se está longe de casa. O negócio é se voluntariar, impor suas condições, determinando quantas pessoas podem chegar e aí receber a turma. Uma boa chance de se conectar com mochileiros do mundo inteiro, com mais de 100 mil cidades inscritas.


The Hospitality Club

Esse é o segundo maior serviço de hospitalidade da web, ficando atrás apenas do Couchsurfing. O esquema é o mesmo: ofereça alojamento e/ou ajuda durante a viagem do peregrino, ganhe indicações e receba ajuda quando você também precisar. É quase viajar sem sair de casa.


Home Exchange

Esse esquema de troca de casas permite que você procure cerca de 50 mil casas em 150 países. Receba um estrangeiro ou viaje para viver como um local. Tá achando estranho abrir a casa para um desconhecido? O site é seguro e informações sobre trabalho e outros dados relevantes sobre os assinantes são informados. O Home Exchange permite que você verifique antecedentes e tire outras dúvidas para deixar tudo claro e direto. Curtiu a ideia? Ainda dá tempo de receber a turma e quem sabe até fazer um churrasco internacional para as próximas fases da Copa. Vale também investir nas Olimpíadas de 2016, que chega daqui a pouco!

Se você conhece outros sites ou ferramentas que permitem essa troca cultural, compartilhe-as nos comentários abaixo!