Como evitar acidentes com jetskis e lanchas.

Não é difícil ver notícias, principalmente durante o verão, sobre acidentes envolvendo pequenos barcos, lanchas e jet skis, no litoral ou em lagoas.
São atropelamentos de banhistas e colisão entre embarcações, quase sempre causados pela falta de atenção, despreparo e imprudência. Se você costuma ir à praia com seu barco de passeio ou jet skis, deve ficar atento à essas dicas sobre como evitar acidentes. Você vai entender quais os principais cuidados que devem ser tomados
para que seus momentos de diversão na água não terminem mal e conhecer os principais pontos da legislação em vigor.


Lembre-se: Na água você também é condutor

Sabe todos aqueles cuidados que tomamos no dia-a-dia, conduzindo nossos carros na cidade?
Para pilotar uma lancha ou jet ski, eles devem ser os mesmos.
Em 2012,a Marinha do Brasil ampliou, através da 263 da Diretoria de Portos e Costas o rigor na legislação para a pilotagem de jet ski e barcos de lazer. Para conduzir essas embarcações, é preciso ter uma carteira de habilitação específica e passar por uma prova teórica na Marinha.
Para fazer a prova, o candidato deve participar de aulas práticas direcionadas ao tipo de embarcação que deseja pilotar,
ministradas por Entidades Náuticas, previamente homologadas pela Marinha.Atenção: Se você pretende pilotar apenas jetskis, deverá tirar uma carteira especial, conhecida como Motonauta.
Não se esqueça de que dentro da água você também é motorista!
Ser habilitado para conduzir essas embarcações não é algo opcional, e sim uma obrigação. Portanto, nada de ensinar e incentivar menores de idade a saírem pilotando por aí.
Você também não deve emprestar ou alugar seu jetski ou lancha para quem não é habilitado.


Equipamento de segurança.

campeão Lenzi usando equipamento de segurança

Até o piloto mais experiênte , sabe que deve usar equipamento de segurança. Pois o equipamento de segurança é a única coisa que separa a vida da morte.
Os equipamentos básico são: Colete Salva-vidas, Capacete e luvas especias. O Colete Salva-Vidas é fundamental, seja para pilotos profissionais ou amadores.
As pessoas querem andar no Jetski e consideram o colete um exagero, mas na realidade não sabem que suas vidas dependem totalmente dele.
Vemos em capas de revistas e jornais, fotos de celebridades andando sem colete, oque elas não imaginam é que dependendo da velocidade , quando se cai na água,a queda é muito forte,
na maioria das mortes o piloto perde a conciência e afunda.
Outro problema também, são os coletes que não são homologados pela Marinha do Brasil, quando o piloto cai na água e perde a conciência o próprio colete afoga o piloto. Pois não tem as qualificações exigidas pela Marinha.
Por isso antes de se arriscar em dar uma voltinha no jetski, exija colete Salva-Vidas Homologado pela Marinha. Os certificados de homologação tem validade de 5 anos para empresas certificadas ISO 9001: 2008 e sem essa certificação de qualidade, são válidos por apenas 1 ano.
Ao adquirir um colete salva-vidas homologado exija uma cópia do certificado.
Verifique a validade do certificado e se o lote e a data de fabricação estão de acordo com o mesmo.

Link com todas as Homologações consedidas pela Marinha.

Equipamentos de segurança nas Lanchas.

Nas lanchas, o cuidado é o mesmo. Para cada número de passageiros, deve haver no mínimo um colete Salva-Vidas ou boia, para cada passageiro.
Os coletes e as boias também devem ser homologados pela Marinha.
Todos os equipamentos passam por vários teste:
-Teste de Flutuabilidade
-Teste de resistência mecânica dos coletes
-Teste de resistência mecânica das Boisa
-Teste de tração dos componentes utilizados para a fabricação dos coletes
-Teste de desmpenho dos coletes
-Teste de desmpenho no fogo,

Antes de subir a bordo de uma embarcação, verifique a existência de equipamentos de segurança Homologados pela Marinha.


Mantenha distância

Assim como no caso dos carros, para lanchas e jetskis, quanto mais prática, melhor.
Isso também fará toda a diferença na hora de se divertir e evitar acidentes.
Mesmo que seja habilitado e tenha experiência, mantenha distância de banhistas e evite lugares muito movimentados. A lei seca também vale para quem “dirige” na água. Pilotar sob efeito de bebidas alcoólicas além de proibido por lei, é um ato de irresponsabilidade.
Além disso, o condutor deve entrar e sair da água (no caso dos jetskis) nas extremidades, em locais indicados pela prefeitura.
Fique atento também às altas velocidades, porque você pode perder o controle da embarcação.


Cuidados a se tomar em uma praia com banhistas.

Lanchas e jetski perto dos banhistas

A Marinha tem reforçado a fiscalização de barcos de lazer e jetskis, com o objetivo de coibir os acidentes.
Blitz e fiscalizações são cada vez mais frequentes nas praias e lagos brasileiros.
É importante que o piloto esteja com a documentação da embarcação em dia.
Além disso, fazer revisões periódicas é fundamental para evitar acidentes. Agora que você já sabe as dicas para evitar acidentes, providencie sua habilitação e se prepare para a diversão garantida.
Aproveite e compartilhe essas sugestões de segurança com seus amigos,replicando esse material nas redes sociais.
Dessa forma seus amigos também saberão como evitar acidentes.Informação gera segurança! Ficou com dúvidas sobre alguns dos cuidados necessários ao pilotar barcos e jetskis perto de banhistas?
Tem um caso ou dica importante para compartilhar com as pessoas?
Utilize nossa seção de comentários abaixo e deixe seu recado.