Quem não espera ansiosamente por um final de semana em que vai pegar a estrada? Vai para algum lugar relaxante, andar de jetski. Mudar de ares, conhecer novos lugares, fazer novas manobras de jetski, descansar e se divertir com a família, amigos ou até mesmo sozinho, é praticamente uma unanimidade na hora de eleger um programa descontraído.
Nem precisa ir muito longe. Basta pegar o carro para sentir a mudança.
No entanto, na hora de encarar a estrada, alguns cuidados são fundamentais para garantir a segurança e a tranquilidade de um final de semana fora da rotina. Confira aqui algumas dicas do que não podem faltar na hora dessa preparação.

Checar o carro é o primeiro passo Verificar as condições do veículo, seja ele um carro de passeio, motocicleta, off-road ou carreta, é tão fundamental quanto saber dirigir. Nem pensar em seguir viagem sem checar nível do óleo do motor, bomba de gasolina, água do radiador, filtro de ar, faróis e pneus (incluindo o step). Para fazer toda a revisão, procure um mecânico de confiança.
Além disso, considere outras questões importantes, como respeitar o limite de peso do seu veículo. O ideal é, antes de pegar a estrada, dar uma volta com o carro carregado com as bagagens, para testar o veículo. É que com o peso, tanto das malas, quanto dos passageiros, o veículo passa a reagir em um tempo diferente.
Também não custa nada checar a documentação, só para garantir que não haverá nenhum problema que possa estragar a viagem.

Veículos de grande porte requerem cuidados especiais

Para quem pega a estrada com frequência, é fundamental manter a manutenção preventiva do veículo sempre em dia. Se for transportar cargas (no caso de carretas) ou muitas pessoas (no caso de vans ou ônibus), o motorista precisa levar em conta as possíveis alterações de peso, conforme o que for transportado ou a quantidade de passageiros.

Manutençaõ de carretas jetski

Para os adeptos do jetski, sabemos que alguns cuidados são de vital importância. Principalmente com as carretas.

- Optar por estrutura galvanizada "a Fogo" contra ferrugem.
- Lanternas de Led, Guincho, Roda de Areia e Estepe.
- Abrir um pouco mais para fazer a curva, lembrando que aproximadamente 3 metros a mais na extensão do veículo.
- Sistema de Freios adicionais "na carreta" são necessários quando a carga atinge ou excede peso acima de 750kgs.

Check List

Os rolamemntos são a parte mais importante da carreta. Eles recebem a maior parte da carga e sofrem o maior grau de calor e nível de estress.
De preferência, permita que os mesmos esfriem após rodarem por longas distâncias e antes de serem emergidos na água para descarga de seu jet.
1- Rolamentos; verificar, limpar qualquer acumulo de água e lubrificar com graxa especial à prova d´agua" a cada 15 dias ou trocar se necessário, utilzinda uma
engraxadeira manual. Parte esta da Manutenção de "baixo" custo, mas importantíssima!
2- Bola: verificar o modelo (há variações de tamanho que deve casar com o "acoplador") e quanto ao aperto adequado e seguro e com trava tipo "cupilha"
3- Corrente de segurança; boa opççao é utilizar com trava "mosquetão" nas extremidades para maior praticidade e segurança e "cruzá-las" por quase toda a sua extensão, lembrando que estas proporcionam uma segurança extra em caso de a bola se soltar...
4- Verificar os plugs de conecção elétrica quanto a fios soltos dentro dos mesmos, limpando-os e aplicando "spray de silicone" em seus terminais para prevenir corrosão.
5- O acoplador da bola deve ser lubrificado com anti engripante por debaixo para evitar corrosão e mau funcionamento e consequente travamento, utilizando sempre uma cupilha para travar o "gatilho" do acoplador para maior segurança em caso deste se soltar da bola.
6- Peça para um amigo acionar as luzes (pisca-pisca, lanterna, freio) do auto para verificação do perfeito funcionamento das correspondentes na carreta.

Off-Road também precisa de atenção

Se fazer a manutenção de veículos que só trafegam na cidade ou em rodovias, é fundamental, no caso dos off-roads é ainda mais importante. Veículos que circulam por trilhas, fazendas, praias e áreas de difícil acesso têm um desgaste mais rápido e precisam de mais revisão.
É bom estar ligado na calibragem dos pneus, possíveis ruídos nos freios, faróis e ter sempre um kit de segurança à mão.

Atenção redobrada na preparação do motorista

Se fazer a manutenção de veículos que só trafegam na cidade ou em rodovias, é fundamental, no caso dos off-roads é ainda mais importante. Veículos que circulam por trilhas, fazendas, praias e áreas de difícil acesso têm um desgaste mais rápido e precisam de mais revisão. É bom estar ligado na calibragem dos pneus, possíveis ruídos nos freios, faróis e ter sempre um kit de segurança à mão.
Atenção redobrada na preparação do motorista O motorista também precisa se preparar. O condutor deve estar descansado, por isso não adianta querer forçar a barra. Se estiver com sono, passe o volante para outra pessoa ou interrompa a viagem.
Verificar a previsão do tempo e consultar o mapa das estradas da região por onde irá passar, também são atitudes que podem ajudar no sucesso da viagem. Assim, é possível saber se você vai encarar mau tempo (chuva e neblina, por exemplo) e trechos perigosos (com curvas sinuosas e muito tráfego).
Além disso, é sempre bom (re)lembrar aquelas dicas de sempre: ingerir álcool é completamente proibido. Já sabe, né?! Nem uma cervejinha! Só transporte crianças em cadeirinhas apropriadas para a faixa etária delas. No caso de animais, o ideal é coloc-los naquelas casinhas apropriadas e acomodá-los no banco de trás.
Agora que você já relembrou as principais dicas, aproveite para compartilhar esse texto com seus parentes e amigos. Abasteça o veículo, aperte os cintos de segurança de todos os passageiros, inclusive de quem está no banco traseiro, e boa viagem!
Para onde você está planejando a viagem? Já realizou todas as checagens necessárias para chegar com segurança ao seu destino? Deixe nos comentários abaixo qualquer dúvida que possa ter em mente.